ORESKABAND no Brasil! & Hot Number

Integrantes do ORESKABAND

ZOMFG. A ORESKABAND vai tocar no Anime Friends, no dia 14.  *grita histericamente feito uma menininha*

Sou fãzaço dessa banda somente de garotas que tocam o Ska que acho ideal: bem animado e sem punk. Inclusive contei a tocante história de como as conheci, 6 anos atrás (!). Até agora não conheci nenhuma outra banda de Ska que chegasse ao mesmo nível. Claro que a maioria as conhece dos encerramentos de Naruto e Bleach, mas elas são muito mais que isso (#hipster).

Sempre sonhei em alguma banda japonesa que eu gosto tocar por aqui, e acreditava que a única que tinha chances era a ORESKABAND: não é tão famosa a ponto de ser muito cara pra Yamato, mas é relativamente conhecida por causa de Naruto e Bleach. Acertei em cheio. Só não acredito que demorei tanto pra ficar sabendo, foi anunciado há mais de um mês — acho que me trucidava se deixasse passar. Obrigado, comentarista aleatório do blog da Mara.

(Falando em Yamato, devo dizer que dá um desgosto ter que dar dinheiro para eles, por mais boa que seja a causa. Ridículo ver que eles ainda recrutam voluntários que não recebem NADA, enquanto eles ganham rios de dinheiro. Sem contar o ridículo sistema de compra de ingresso online: um formulário tosco descriptografado, que no fim você precisa fazer um depósito e escanear comprovante, pagando mais uma taxa de oito reais.)

Para ir aquecendo a expectativa, alguns comentários do último mini álbum delas, o Hot Number.

Um detalhe muito bacana é que ele está disponível na iTunes Store brasileira, por modestos 6 dólares! (Tem também o álbum Color e o single Pinocchio.) Gostei bastante dele, especialmente por ser um pouco diferente dos anteriores, mas ainda mantendo o mesmo espírito. Até então, ORESKABAND era como Do As Infinity, no sentido de sempre produzir músicas no mesmo exato estilo, mas pelo menos sempre boas. Aqui elas dão uma boa variada, se aproximando um pouco mais de pop/rock (mas não muito).

Capa do mini álbum Hot Number

(Tentei, mas não consegui sacar qualé dessa capa, apesar de ser bonitinha.)

  1. Yoake no Fascism (“Fascismo da Madrugada”?!): o álbum começa com uma boa faixa no estilo mais tradicional delas, com um toquezinho punk no refrão que não chega a atrapalhar.
  2. Tokyo Magical Wonder City: mais pro pop/rock, viciante. Não consigo desvendar o que o backing vocal canta, “Tokyo Night ???? Lights”?
  3. Sore wa Katte na Riron (“É uma teoria egoísta”): o ápice de pop do álbum, praticamente sem metais. Ainda assim muito boa.
  4. Blue Bird: os metais voltam numa faixa mais tranquila, quase uma balada.
  5. Love La Lovers: …reggae! Totalmente excelente.
  6. Orion Night Move: …disco, dance?  Sei lá, mas com os metais, ficou ótimo. Com direito a um solinho de baixo da Tomi.
  7. Walk: pra fechar o álbum, outra faixa mais tranquila. Essa ganhou um clipe, mas não achei em nenhum lugar livre pra postar aqui (no YouTube está restrito aqui. Qual o bendito propósito de restringir clipes em outros países, gravadoras estúpidas?)

Recomendo fortemente.

Pre fechar o post, uma observação curiosa. As garotas do ORESKABAND sem dúvida passaram por uma transformação desde que começaram, do colegial, até hoje. Entre os clipes de Tsumasaki (2007) e Jitensha (2010) dá para notar a diferença, principalmente na tae, a baterista (a diferença é ainda maior na Walk, mas não tenho link). Por um lado, elas perderam um pouco do charme de “tomboys” que não ligam muito pra aparência; por outro lado, não dá para negar que elas estão lindíssimas. Ditadura da beleza, late bloomers, ou escolha própria? Não sei, só sei que elas tocam pra caramba.

2 comentários sobre “ORESKABAND no Brasil! & Hot Number

  1. O SHOW DELAS FOI MUITO BOM!!!!! *_*
    A única coisa é que o pessoal que tava lá por causa delas mesmo era minoria… o resto só conhecia encerramentos de Bleach e Naruto…

    Pena ser tão difícil encontrar material delas… principalmente por ser banda de SKA… queria muito um DVD T-T

    1. Sim, o show foi épico! Nem ligo muito pro pessoal que só conhece por Naruto e Bleach, se não fosse por isso nem teríamos o show… quem sabe agora se interessam mais por elas :)

      Pois é, DVD acho que não tem para baixar, teria que desembolsar pra importar do Japão…

Deixe uma resposta