Kino no Tabi – the Beautiful World

Kino tomando café

— Você já sentiu inveja dos pássaros?
— Tudo e todos têm um lugar certo na vida, Kino. Nem motos nem pessoas foram feitas para voar.
— Quando alguém vê um pássaro voando nos céus, dizem que sente-se vontade de sair numa viagem…
— Quem disse isso?
— …esqueci.

As histórias de um viajante nos diversos país que ele visita. Essa seria a história simplificada de Kino no Tabi – the Beautiful World (Kino’s Journey, As Viagens de Kino; ranking ANN #16). Só que o viajante é uma garota, que sempre anda armada, sabe atirar muito bem e não hesita matar em defesa própria; e os países que ela visita nem sempre são agradáveis.

Kino

“O mundo não é bonito, o que de certa forma lhe dá uma forma de beleza”: essa contradição é repetida várias vezes no anime, e descreve bem sobre o que ele se trata. Kino no Tabi se passa num mundo alternativo, onde cada país é na verdade uma grande cidade e não têm muito contato uns com os outros. Cada país possui sua própria cultura e tecnologia, em diferentes níveis. E em cada um deles, Kino não passa mais que três dias – porque, ela afirma, três dias é o suficiente para conhecer tudo de importante de um país, e permite ela conhecer mais lugares. Mas talvez esse não seja o verdadeiro motivo.

Kino no Hermes

A personalidade de Kino é um tanto enigmática – enquanto ela viaja pelos diferentes países, pode-se perceber que ela tenta interferir sempre o menos possível, limitando-se a ser apenas uma observadora. Não se sabe qual o real motivo dela estar nessa jornada, mas ao decorrer da história cada um pode tirar suas conclusões. Embora não seja de demonstrar emoções muito abertamente, mesmo assim você consegue perceber que ela nunca está indiferente ao seu redor.

Sempre junto dela está sua moto, Hermes, que… fala. Não, não imagine uma moto de desenho com boca e olhos – é uma moto normal, e dela simplesmente sai uma voz. Ele (sim, é ele) serve como contraponto de Kino, comentando suas ações de um modo um pouco sarcástico, um pouco “reclamão”, um pouco indiferente.

Kino deitada num campo de flores com Hermes

Os países são o principal ponto da história, e cada um deles demonstra uma característica de nosso mundo e das pessoas. Não existem lições ou “morais das histórias”, em muitos casos você fica sem saber o que pensar daquele lugar.

No primeiro episódio, Kino e Hermes visitam a “Terra da Dor Compartilhada” onde encontram tudo desolado – o comércio é todo operado por robôs. Após andar pela cidade eles finalmente encontram um habitante, que a princípio foge, assustado. Ele acaba explicando que as pessoas daquele país eram capazes de ler as mentes uma das outras, graças a uma invenção. A princípio, tudo correu bem, mas com o tempo as pessoas se tornaram incapazes de conviver e tiveram que se isolar.

O homem conta sobre sua esposa da qual se separou; um dos motivos sendo que ele gostava de música e ela de jardinagem – e um não conseguia esconder o quanto detestava a atividade do outro. Mas logo antes quando Kino o encontrou, ele estava cuidando de seu jardim… e ao deixar o país, ela passa na frente de uma casa de onde conseguem ver a silhueta de uma mulher, ouvindo música.

Kino e Sakura

A complexidade, beleza, feiúra, alegria, solidão, esperança, doçura e amargura do mundo são exploradas nas viagens de Kino ao encontrar de sonhadores e visionários a assassinos e alienados. Não há como assistir esse anime sem ser afetado de alguma forma.

A música é um tanto esparsa, mas é sensacional, dando o clima de mistério e grandeza de Kino no Tabi. Infelizmente não há soundtrack, o que é realmente uma pena. Mas existe um álbum chamado Their Memories com músicas do anime (não exatamente as que tocam no anime, mas com a mesma melodia) que é muito bonito – as faixas são contíguas, como se fossem apenas uma música, uma viagem por si só.

O tema de abertura, All The Way é cantado pela Mikuni Shimokawa, e é muito boa (a letra especialmente). O encerramento, The Beautiful World, é cantado pela seiyuu da Kino, Ai Maeda; também é linda.

Kino e Hermes

A animação é excelente, os designs dos personagens só é um tanto simples, mas não chega a ser um defeito. Os seiyuus representam bem os papéis, especialmente é claro os da Kino e Hermes.

São 13 episódios, mais um especial de 12 minutos entitulado The Tower Country -Freelance- (assista-o em qualquer momento) e um OVA, Kino’s Journey: Life Goes On que conta mais sobre o passado da Kino (assista-o no final). Um novo OVA, Kino’s Journey: The Land of Sick -For You- está sendo produzido e será lançado em abril.

Nimya

Tudo é baseado numa série de light novels (como Haruhi Suzumiya), escritos por Keiichi Shigusawa. São 10 volumes lançados até agora. A Tokyopop está lançando a série nos EUA (logo, quando eu tiver dinheiro, vou poder comprar na Amazon *_* Livro não paga imposto /o/) embora já tenham metido um pouco o dedo: deixaram os capítulos em ordem cronológica, diferente do original. Com certeza devem achar que o público americano não é inteligente o bastante para entender uma narrativa não linear. Mas nada que não se possa ler na ordem original.

Enfim. Vejam Kino no Tabi. Agora.

Kino no Hermes

— Kino! O que você fará de agora em diante?
— Não faço idéia… O que devemos fazer…? Devo continuar pensando no que fazer…?

11 comentários sobre “Kino no Tabi – the Beautiful World

  1. Não assistam isso, é ruim demais.

    …mentira. (há?)

    A sapatona da Kino owna, comanda, ruleia, arrasa e destrói.

    E Jinn miserento, o livro#1 custa só 10 reau.
    odeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlêsodeionãoleringlês…ihatenotreadenglish-que-me-resume.

  2. Claaaaaaaaaaaaaaaaro…..1º pq eu não posso baixar as coisas aqui….2º q as vezes de fim de semana aparece gerente para nos vigiar….e 3º q eu vou me empolgar e não vou prestar atenção nos programas de monitoração…..XD

  3. Tive previlegio de assistir toda essa serie mais o episodos especial em que mostra como Kino trinava com sua mestra e como ela foi até a casa da Mãe do verdadeiro Kino e o que aconteceu. Muito lindo esse episodio assim como todos. Mais o episodio 13 eu tenho somente em espanhol. Caso alguém tenha com legenda em portugues por favor me mande. Abraços a todos.

Deixe uma resposta