Livros de 2008

§ Alice no País das Maravilhas (Alice’s Adventures in Wonderland; Lewis Carroll): vergonhosamente nunca tinha lido, mas é genial. E absurdamente louco.

§ Belas maldições – as belas e precisas previsões de Agnes Nutter, bruxa (Good Omens: The Nice and Accurate Prophecies of Agnes Nutter, Witch; Neil Gaiman e Terry Pratchett): eu (vergonhosamente) nunca li nada do Neil Gaiman, autor de Sandman e de Coraline (que estreou hoje nos cinemas), mas já tinha lido vários livros do Terry Pratchett (da série Discworld). O livro é muito bom e muito engraçado; uma versão nonsense do apocalipse.

§ The Other Wind (Ursula K. Le Guin): o “último” livro de Earthsea (série na qual foi baseada Tales from Earthsea, do Ghibli). Um ótimo desfecho para a série.

§ Tales from Earthsea (Ursula K. Le Guin): livro com vários contos que se passam em Earthsea. Muito bom, como sempre.

Eu não conseguiria recomendar Earthsea o suficiente (se você viu o anime, esqueça ele, os livros são muito melhores). Pena que só os dois primeiros foram publicados por aqui (O Mago de Terramar e as Tumbas de Atuan). O estilo da Le Guin é muito conciso e poético, ao contrário de certos autores *cofTolkiencof* *leva uma surra*. Pena também que acabou e não tem mais nenhum livro da série D: (mas já comprei da Amazon outros dela).

§ O Castelo No Ar (Castle in the Air; Diana Wynne Jones) se passa no mesmo mundo de O Castelo Animado (do anime do Ghibli) e inclusive tem alguns personagens de lá que aparecem. Conta as aventuras de um vendedor de tapetes que compra um tapete voador de um estranho e se encontra com a princesa de seus sonhos e se mete em um monte de confusões, etc e tal. O mais engraçado é o modo como ele (e todos no país dele) tratam seus clientes com uma reverência tão grande que vaza ironia (“Ó príncipe entre os comerciantes, jóia azul dentre os gênios, …”)

Surpreendentemente o livro saiu por aqui. Sairia mais barato comprar na Amazon (mesmo com o dólar assim), mas vá lá, apoiar a indústria brasileira ou algo do gênero. Já saiu um terceiro livro no mesmo mundo lá nos EUA (House of Many Ways), vamos ver se sai por aqui. Também acabei de descobrir que uma outra série famosa dela (Chrestomanci/Crestomanci) saiu por aqui, com capas horrorosas.

§ Fausto Eric (Terry Pratchett): da série Discworld, uma paródia de Fausto. Curto mas muito engraçado.

§ A Magia de Hollywood (Moving Pictures; Terry Pratchett): também do Discworld, desta vez tirando sarro de clichês de filmes.

§ O Aprendiz de Morte (Mort; Terry Pratchett): Discworld; qualquer livro com o Morte é muito engraçado.

§ O Senhor da Foice (Reaper Man; Terry Pratchett): Discworld; idem, embora este tenha uma lado mais filosófico.

§ Trilogia Fronteiras do Universo: A Bússola de Ouro, A Faca Sutil, A Luneta Âmbar (His Dark Materials: The Golden Compass, The Subtle Knife, The Ambar Spyglass; Phillip Pullman). MUITO bom! O filme acabou antes da melhor parte (o final do primeiro livro), mas espero que continuem porque os livros são muito bons. Provavelmente vou fazer um post separado e vou falar do polêmica deles serem livros ateus do mal.

§ A Oxford de Lyra (Lyra’s Oxford; Phillip Pullman): é uma “continuação” da trilogia acima, mas é apenas uma pequena história que se passa depois. Interessante, mas muito curto (umas 50 páginas).

§ A música dos números primos: A história de um problema não resolvido na matemática (The Music of the Primes: Searching to Solve the Greatest Mystery in Mathematics; Marcus Du Sautoy): livro muito interessante sobre a história da Hipótese de Riemann, que tem relação com a distribuição dos números primos. Até hoje ninguém conseguiu prová-la e há um prêmio de 1 milhão de dólares para quem conseguir. O livro é bem acessível para leigos.

§ O Livro dos Códigos (The Code Book; Simon Singh): livro sobre a história da criptografia, que é extremamente fascinante; desde a Grécia antiga até a criptografia quântica, passando por muitas coisas interessantes como, claro, a quebra do cifrador Enigma utilizado pelos alemães na segunda guerra. Novamente, bem acessível para leigos.

§ O Carrasco do Amor (Love’s Executioner; Irvin D. Yalom): emprestado pela minha irmã, de cara o livro tinha cara de auto-ajuda, mas quando comecei a ler não consegui parar. Ele detalha alguns casos de pacientes de Yalom (um psicólogo). É muito interessante parar tirar alguns preconceitos bobos contra psicólogos (“se alguém consegue tratar os outros, porque o cara não se trata sozinho?” — é óbvio que todos têm problemas, inclusive psicólogos, mas isso não impede-os de ajudar os outros e inclusive aprendem muito com os pacientes).

6 comentários sobre “Livros de 2008

  1. Woot, livros, minha especialidade.

    Acho difícil que façam os outros filmes, e se fizerem vai ficar horrível porque eles não vão poder colocar as partes que realmente tornam os livros interessantes.

    Terry Pratchett é um gênio. Eu amo Good Omens, todos do Discworld e junto com o Bernard Cornwell ele está na minha lista de “autores com quem eu me casaria sem pensar”.

    Alice é muito interessante. Eu re-li esses dias em inglês com as ilustrações originais, e é alucinante. Leia através do espelho se ainda não leu, mas é mais doido ainda.

    Já leu um livro sobre a história do 0? eu vi uma vez na saraiva mas fiquei sem saber se era bom e depois quando eu voltei pra comprar não tinha mais =(

    Eu também pensava mal de psicologos até ler os livros do Yalom, eu gostei bastante do Nietszche e do Schopenhauer e me ajudaram a desfazer alguns preconceitos que eu tinha.

    Se eu puder deixar recomendações para 2009, leia Malcom Gladwell (Tipping Point, Blink, Outliers) e Douglas Coupland (Jpod).

    Ah sim, me mande por e-mail se possível seu endereço, quero mandar chocolates pra vocês =D

  2. @Anna: é, tem esse lado, se eles não tiverem coragem de serem fiéis ao livro vai ficar uma droga.

    Sobre a história do 0 nunca li, mas acho que sei qual é… eu li um sobre o “e” do Eli Maor, muito bom. Estou lendo “A equação que ninguém conseguia resolver” e também estou gostando.

    Obrigado pelas recomendações, vou dar uma olhada. Muitas coisas que eu gosto hoje foram recomendadas por você XD

Deixe uma resposta