Preview: Kazeyomi da Maaya Sakamoto

Saíram previews das músicas do novo CD da Maaya Sakamoto. Três faixas não estão lá, sei lá porquê, mas estão linkadas neste post. Destaque para a SONIC BOOM, abertura do novo OAD de Tsubasa.

Sinceramente? Não me animei muito. Ainda não consegui descobrir exatamente o que tem de errado na “nova fase” da Maaya que não estou gostando, mas acho que é basicamente o fato que a maioria dessas músicas tem notas agudas demais, e a Maaya simplesmente não tem voz para isso! A Triangler (abertura do último Macross) é o maior exemplo disso. Ela dói nos ouvidos.

Tracklist com alguns comentários inúteis:

  1. Vento: boazinha, mas com agudos doídos.
  2. Triangler: ack.
  3. Kazemachi Jet ~ kazeyomi edition: novo arranjo, achei que ficou bom
  4. Remedy: boazinha
  5. Ame ga Furu: já tinha baixado o single, gostei mais com o tempo
  6. Ao no Ether: ack.
  7. Shitsuren Cafe: boazinha
  8. SONIC BOOM: meh.
  9. Peanuts: boazinha
  10. Saigo no Kajutsu: novo arranjo acho, mais ou menos
  11. Colors: boa, boa
  12. Kazamidori: ack.
  13. Guitar Hiki ni naritai na: mais ou menos

É triste eu ficar tão “meh” com um álbum novo dela. Eu quero músicas como Mameshiba, Platina, Yakusoku wa Iranai, Active Heart e Gift de volta! T_T

Do As Infinity VAI VOLTAR

Van e Ryo no A-NationE só fiquei sabendo agora! Eles fizeram um show surpresa no A-Nation dia 30 e vão voltar oficialmente no fim de setembro em um show grátis. A princípio eles vão focar mais em shows ao vivo mas pretendem lançar novos álbums.

Eles são uma das minhas bandas favoritas, de acordo com o last.fm são a banda que eu mais escutei. A melhor coisa deles é que são muitas poucas músicas deles que eu não gosto; ao contrário de muitos artistas que lançam singles sensacionais mas você vai ouvir o resto do CD e é uma droga.

Para variar, em 2005 eles anunciaram que iriam acabar, o que é muito comum acontecer sempre que eu acho uma banda que gosto (Siam Shade, Save Ferris, Changin’ My Life…). A Tomiko Van, vocalista, seguiu carreira solo. As músicas dela são até que legais, mas… não era Do As Infinity. O Ryo, guitarrista, também seguiu com uma banda chamada Missile Innovation, que era até boazinha se não meio alternativa demais pro meu gosto. O fato é que os dois são melhores juntos, e eles estão de volta!

…a não ser pelo compositor, Dai Nagao, que aparentemente não irá voltar junto. Estou com um pouco de medo que sem ele as músicas percam a “alma” de Do As Infinity, como aconteceu com a Maaya Sakamoto sem a Yoko Kanno. Mas vou esperar pelo melhor.

The Other Side of Lucy: cover de Maaya Sakamoto

Saiu esses dias um álbum de uma “banda” de duas pessoas chamada “The Other Side of Lucy” composta da vocalista inglesa Pippa, e Jerome, francês que toca violão. Todas as faixas são covers de músicas da Maaya Sakamoto. A tracklist:

Banda: The Other Side of Lucy
Álbum: The Other Side of Lucy - First Live@Purple Pro Audio

  1. Makiba! Alice
  2. Kodoku
  3. Daniel
  4. Pocketto wo kara ni shite
  5. Chibikko Folk
  6. Yukka
  7. NO FEAR/aisuru koto
  8. pilot
  9. here
  10. yoru
  11. alkaloid
  12. yubiwa
  13. Gift
  14. Secret Track:Gift ~why not? why not? version~

Baixei sem pretensões, e não é que é bom? Todos arranjos em violão (doh) e cantados pela Pippa, que tem uma boa voz. Óbvio que não cabe comparações com as originais (embora eu tenha achado algumas até melhores…). Destaque para a Pocketto wo kara ni shite com um instrumento improvisado…

Sérgio Mendes feat. Dreams Come True

No ultimo CD do Sergio Mendes (que teve músicas lançadas com Stevie Wonder, Black Eyed Peas, entre outros, e que faz mais sucesso lá fora do que aqui) tem uma faixa com participação… do Dreams Come True! (banda pop japonesa de bastante sucesso, pra quem não conhece)

Bizarro.

A música é a Lugar Comum, composta originalmente por João Donato e canta originalmente, acho, pelo Gilberto Gil (blergh).

Você pode baixar ela aqui (espere aparecer o link “Click here to start download”). Ela está no formato m4a, mas o Winamp roda.

Anunciadas OP/ED de Code Geass R2 e xxxHOLiC◆Kei

Aparentemente, a abertura e encerramento da segunda temporada de Code Geass serão cantadas pelo Orange Range (OP1 *~Asterisk de Bleach, ED3 Viva Rock de Naruto, Shangai Honey de Ouendan). Fonte

A abertura da segunda temporada de Holic é do Suga Shikao, como falei alguns posts atrás. O encerramento é do SEAMO (Mata Aimashou de Tokyo Marble Chocolate). Fonte: chibiyuuto

E eu gosto de todos :D

Maaya e Kanno juntas novamente

Triangler, a música de abertura de Macross Frontier (que estréia em abril e será dirigido pelo próprio Shoji Kawamori, criador da série e também diretor de Arjuna, Aquarion e criador de Escaflowne) será cantada pela Maaya Sakamoto e composta pela Yoko Kanno.

UHU!

Para quem não sabe ou lembra, a Maaya se separou da Kanno no seu álbum Yuunagi Loop. Embora a música dela ainda seja boa, não dá para deixar de ter saudades dos “bons tempos” da parceria e finalmente temos as duas de volta neste single. Para completar, a letra será escrita pela Gabriela Robin, que de acordo com os rumores é a própria Kanno.

PV: Tomiko Van – Cherry

Saiu o novo clipe da Tomiko Van, ex-vocalista do Do As Infinity:

A música se chama Cherry, e é um cover do Spitz (que toca insert songs de Honey & Clover) e faz parte do novo álbum que será lançado 5 de março. Assim, como o álbum anterior, é todo composto de covers…

Gostei bastante, acho que esse álbum promete… veja a tracklist:

  1. Cherry (チェリー) (Original: Spitz)
  2. Boku wa Koko ni Iru (僕はここにいる; I’m Here) (Original: Yamazaki Masayoshi)
  3. IT’S ONLY LOVE (Original: Fukuyama Masaharu)
  4. OH MY LITTLE GIRL (Original: Ozaki Yutaka)
  5. Sakura (Dokushou) (さくら(独唱); Cherry Blossoms (Vocal Solo)) (Original: Moriyama Naotaro)
  6. Tooku Tooku (遠く遠く; Far, Far) (Original: Makihara Noriyuki)
  7. Seishun no Kage (青春の影; Shadow of Youth) (Original: Tulip)
  8. ZOO (Original: Tsuji Jinsei)
  9. Aisubeki Hito yo (愛すべき人よ; Love of My Life) (Original: The Kaleidoscope)
  10. You’re the Only… (Original: Ono Masatoshi)
  11. OH PRETTY WOMAN (Original: Roy Orbison)

Fonte: Wiki.ThePPN

Infelizmente não conheço a maioria dos artistas das músicas originais, somente Yamazaki Masayoshi (canta One More Time, One More Chance, de Byousoku 5cm) e Roy Orbison (sim, é a Pretty Woman que você conhece), além do Spitz.

Clipe da música original do Spitz:

Saiu: Heroes & Thieves (bônus: Fonogenico)

RIPARAM O NOVO CD DA VANESSA CARLTON

APESAR DE SÓ SAIR MESMO EM OUTUBRO

*HIPERVENTILA*

REVIEW EM BREVE

SIM É DIVERTIDO ESCREVER EM MAIÚSCULAS. (isso me lembra comunidades do LJ cuja finalidade é falar sobre um certo assunto somente em maiúsculas)

§ E uma boa alma upou todos os CD’s do Fonogenico, a banda que toca Reason, primeiro encerramento de xxxHOLiC. Eu só tinha o single da Reason e procurei o resto e não achei, então, viva \o/

xxxHOLiC 135, Death Note, Singles

§ xxxHOLiC Cap 135 (scan, tradução en): enrolação, Kohane, filosofias da Yuuko.

§ Death Note Ep 25-30: tirando o atraso… nada muito a comentar, o ep 25 foi muito bom e um pouco diferente do mangá. O resto está bom, só a qualidade da animação que caiu um pouco. Essa segunda parte da história é bem menos popular, mas estou gostando dela no anime bem mais do que no mangá.

§ Saíram:

Cos he's a weedy little monkey man

(como o JPOPSUKI está crasheado no momento, não catei os links pros CD’s, depois eu boto)

§ Ore Ska Band – Ore: então estava vendo coisas novas no JPOPSUKI e me deparei com este álbum. Baixei por ter “ska” no nome, ouvi e…

É perfeito demais *_* Eu já comentei aqui como eu gosto de ska mas só tinha um CD de uma banda que fosse o tipo de ska que eu gosto. Mas consegui achar algo que, me atrevo dizer, é melhor ainda que o It Means Everything. A melhor parte: a banda está na ativa. *chora de emoção* E pra completar: a banda é formada por colegiais! Não pode ficar melhor do que isso.

Todas as faixas do infelizmente-mini álbum são destruidoras. A Pinocchio é o putilionésimo encerramento de Naruto (se os fãs de Naruto não fossem tão bitolados e não pedissem somente Haruka Kanata na Animix, eu poderia tê-las conhecido antes). A Knife to Fork é perfeita. A Monkey Man é um cover do The Specials… e não gosto muito de Ska tradicional e achei a versão delas mil vezes melhor. *assassinado pelos dinossauros puristas chatos*

Enfim, elas tocam o estilo exato que gosto: animado, sem ser pesado como o punk ska e sem ser chato como ska tradicional. Virei rabid fanboy delas, e espero que continuem e lançar CD’s (saiu um clipe um dia desses, e a última ED de Bleach também é delas)

§ Yum! Yum! Orange – Jelly Beans: como me empolguei com Ore Ska Band fui dar uma pesquisada sobre bandas de J-Ska e descobri essa. Não chega aos pés de Ore Ska, mas é boazinha.

§ Tomiko Van – Voice ~cover you with love~: o novo álbum da Tomiko “ex-Do As Infinity” Van é um álbum cover, o que não faz muito diferença para mim já que não conheço nenhuma das músicas e cantores que ela interpreta. Só ouvi uma vez então ainda não dá pra dizer muito, mas é bonzinho porém nada de muito extraordinário. I miss DAI =~